Avaliação de Serviços de Ecossistemas

4ª Palestra da Secretaria-Geral do Ministério do Ambiente.

 

O crescente reconhecimento do valor dos serviços de ecossistema para a economia e o bem-estar humano está na ordem do dia. A Agenda do Desenvolvimento Sustentável para 2030 dedica o seu objetivo n.º 15 à Vida e à Terra: Proteger, restaurar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres e da gestão das florestas, combater a desertificação, parar e reverter a degradação das terras e parar com a perda de biodiversidade.

Em Portugal, a convite do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, I.P., o Instituto Superior Técnico (IST) desenvolveu um estudo piloto de mapeamento e avaliação de ecossistemas para a região NUTS II do Alentejo, focalizado nos ecossistemas  florestais e agrícolas e num conjunto restrito de indicadores e serviços dos ecossistemas.

A partir dos resultados desse estudo, replicáveis a outras escalas, os participantes são convidados a refletir sobre o capital natural do planeta e o papel que deve desempenhar numa política racional de ordenamento do território.